segunda-feira, julho 15, 2024
HomeDesportoProblemas no Benfica não acabam: Sócios pedem demissão no final da AG...

Problemas no Benfica não acabam: Sócios pedem demissão no final da AG e Rui Costa volta para pedir ‘PAZ’… Confira

ad
Sócios pedem demissão no final da AG e Rui Costa volta para pedir 'PAZ'... Confira
Sócios pedem demissão no final da AG e Rui Costa volta para pedir ‘PAZ’… Confira

Movimento presidido por Francisco Benítez instou Rui Costa a apresentar uma nova proposta.

O movimento ‘Servir o Benfica’, encabeçado por Francisco Benítez, recorreu este domingo às redes sociais para garantir que o orçamento para a época 2024/25 foi chumbado.

No comunicado, o movimento pede que a direção liderada por Rui Costa apresente uma nova proposta, “contrariamente ao que aconteceu em 2020, com a Direção liderada por Luís Filipe Vieira”.

O ‘Servir o Benfica’ destaca ainda a forma digna como decorreram as duas Assembleias Gerais de sábado e que levaram milhares de sócios aos Estádio da Luz.

Confira o comunicado na íntegra:




“O Servir o Benfica congratula os presentes nas reuniões de Assembleia Geral de ontem pela vitalidade democrática e Benfiquismo demonstrados. Não é alheio a tal o facto de as reuniões terem sido realizadas num dia não útil, como há muito se reivindicava.

Saúda-se a digna condução dos trabalhos pelo Presidente da Mesa da Assembleia Geral, Prof. Fernando Seara, exceptuando o início, onde se deveriam ter providenciado condições para a presença de todos os que estavam presentes à hora da convocatória, a omissão da menção da aprovação ou não aprovação do Orçamento após o anúncio dos resultados e o abrupto encerramento dos trabalhos sem direito a respostas às intervenções dos associados.




Inicia-se um processo de Revisão Estatutária fundamental para o destino do Clube. Que seja participado, discutido com elevação e deliberado pelos associados, sem recurso a métodos de votação electrónica como ontem foi garantido pelo PMAG.

Aprovaram-se, finalmente, as actas pendentes incluindo aquela em que consta a agressão a um sócio do Sport Lisboa e Benfica em plena reunião de Assembleia Geral, entre outros comportamentos deploráveis do então Presidente da Direção, Luís Filipe Vieira. Está aberto o caminho para que sejam tomadas medidas disciplinares referentes ao sucedido.




Não tendo o Orçamento para 2024/25 sido aprovado, seria salutar que, mesmo sem a obrigação estatutária, a Direcção apresentasse uma nova proposta de Orçamento em virtude da não aprovação do que foi sufragado no dia de ontem, incluindo as muitas sugestões e reparos notados nas intervenções dos associados durante a reunião, contrariamente ao que aconteceu em 2020 com a Direcção liderada por Luís Filipe Vieira.

A força maior do Sport Lisboa e Benfica é a inigualável paixão dos seus associados. São a alma do Clube e merecem a consideração e o respeito dos Órgãos Sociais em todas as ocasiões. Lutemos por isso, sempre!




Viva o Sport Lisboa e Benfica!

POSTAGENS RECOMENDADAS

+VISTAS

Muka – Karma

Muka – Dois Em Um